Leme vence em Sioux Falls e sobe para a terceira colocação no Mundial

By: Jorge Cardoso  segunda-feira, 12 de abril de 2021 @ 08:01

Foto por Bullstockmedia

José Vitor Leme encerrou a etapa de Sioux Falls, realizada no último final de semana, com a fivela de campeão, mais duas notas na casa dos 90 pontos e o terceiro lugar na corrida pelo título da PBR (Professional Bull Riders) Unleash The Beast, o mundial de montarias em touros realizado nos Estados Unidos.

O cowboy sul-mato-grossense segue defendendo seu título de melhor do mundo ano passado e foi perfeito ao parar nos quatro touros que montou, fechando com 354,50 pontos do evento, e 178,50 para o ranking mundial.

No primeiro round, Leme encarou Peep Show e conseguiu 88,25 pontos, a segunda melhor nota do round. No sábado, no segundo round, parou com 83,50 pontos em Oney. Já o domingo foi o dia das notas altas para o brasileiro. Na semifinal parou em Lil 2 Train com 90,50, a melhor do round três, e entrou para a final como um dos favoritos ao título.

Para vencer, Leme precisava de 90,50 pontos, já que João Ricardo Vieira havia feito uma das suas maiores notas nos Estados Unidos, 93,00 pontos em I’m Legit Too, e já sentia a fivela de campeão nas mãos. No entanto, a bordo de Hundred Bad Days, Leme fez 92,25 e levou para casa o título.

“Eu só concentro no meu touro para fazer o meu melhor. Sinto um pouco de dor, mas precisamos ser cowboys e montar os touros. É para isso que vim”, disse ao final durante sua entrevista ao receber a fivela.

João Ricardo Vieira era um dos nomes para essa etapa. Além da grande montaria que fez na final, o paulista de Itatinga parou nos quatro touros que encarou, fazendo 85,00 a bordo de Just Another Gangster, no round inicial, e 87,00 em Crazy Dog no round seguinte. Na semifinal, João Ricardo foi o segundo colocado do round, com uma parada de 87,50 em Sun Country.

O cowboy terminou a etapa com 352,50 pontos e mais 134 para o ranking, o que o deixa na quarta colocação com 403,50 pontos totais.

Dener Barbosa foi o terceiro melhor da etapa, encerrando com 258,75 pontos do evento e 89,50 para o ranking mundial. Atualmente, o campeão brasileiro de 2016 é o quinto colocado na tabela, com 282,33 pontos totais.

O primeiro que Barbosa encarou na etapa foi Lil 2 Train, com 88,00 pontos. No round seguinte, passou os oito segundos a bordo de Trigger Finger para 83,50 pontos, e terminou o terceiro round com 87,25 pontos a bordo de Skeeter Peter. No round final, Barbosa ficou apenas 4,96 segundos em Boogie Bomb, não pontuando.

Cody Nance foi o quarto colocado na classificação da etapa e mostra bom aproveitamento em seu retorno à elite do Mundial. O americano parou em Ground Assault com 88,00 (round um); Suga com 85,00 (round dois); Ponotoc com 82,50 (round três). Na final ele não pontou em I’m Busted. Nance é agora o vigésimo colocado na tabela, com 130,16 pontos.

Encerrando os cinco melhores da etapa ficou outro brasileiro, Marco Eguchi. O paulista de Poá terminou com 176,75 pontos na etapa e somou 56,50 pontos para o Mundial, figurando agora na décima quinta colocação com 191 pontos.

Eguchi fez 88,00 pontos em Monkey no round inicial, e encarou Zero Time no round seguinte, parando com 88,75 pontos. Mas no terceiro round ele não conseguiu pontuar em Puddle Dock Road, caindo com 5,17 segundos, e na final também não ficou os oito segundos em Secret Weapon.

O melhor touro da etapa foi Marquis Metal Works Red Clark, que derrubou Derek Kolbaba no round final aos 5,08 segundos, terminando com 46,00 pontos.

A próxima parada da Unleash The Beast será em Oklahoma City. Os fãs podem acompanhar as emoções ao vivo pelo RidePass no dia 17 de abril, sábado, a partir das 20h45, e no domingo, 18, a partir das 15h45.